<$BlogRSDURL$>
Mentes Férteis
7.20.2004
 
As férias estão me matando, estou me tornando um cadáver inútil que nem pra pensar serve.
Mas hoje fiz um esforço e consegui criar alguma coisa, que por sorte, é bem mais interessante que qualquer teoria conspiratória sem sentido (eu devia parar com isso).
Fiz uma poesia que retrata um jeito bem estranho, porém sincero, de ter amigos: O meu jeito.

Abutre Amigo

Olha-me e me vê te observando,
frio, inexpressivo, impassível.
E o que pensavas, por seus olhos vi:
"Se gostas de mim,
por que ao menos não sorri?"

E eu continuava a te observar,
Estático, sem demonstar nem mesmo "tara".
E percbi que então pensavas:
"Se não gostas de mim,
por que simplesmente não vira a cara?"

Por isso peço desculpas,
por minha indiferença,
por não sorrir contigo.
Mas quando precisasares
poderá contar comigo.

Minha amizade não é provada
por abraços calorosos
ou palavras carinhosas,
mas somente em desgraças
por atitudes corajosas.
 

MERDA SECA
Maio 2004 / Junho 2004 / Julho 2004 / Agosto 2004 / Setembro 2004 / Outubro 2004 / Novembro 2004 / Dezembro 2004 / Janeiro 2005 / Fevereiro 2005 / Março 2005 / Abril 2005 / Maio 2005 / Junho 2005 / Julho 2005 / Agosto 2005 / Setembro 2005 / Outubro 2005 / Novembro 2005 / Dezembro 2005 / Janeiro 2006 / Fevereiro 2006 / Março 2006 / Abril 2006 / Maio 2006 / Julho 2006 / Agosto 2006 / Janeiro 2007 /



Powered by Blogger
Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

Letras de Música




by letras.mus.br


Cifras e Tabs




by Cifra Club